Estreias

Quando O Segredo de Brokeback Mountain abalou o mundo do cinema

9 Maio 2017

Acreditas que já se passaram mais de 10 anos desde a estreia de O Segredo de Brokeback Mountain? Parece que ainda ontem se ouviam por aí os rumores curiosos, críticas contundentes e elogios comovidos que mediatizaram este filme.

heath-ledger-e-jake-gyllenhaal-em-brokeback-mountain

O drama-romance conta-nos a história de amor entre dois cowboys, Ennis Del Mar (interpretado por Heath Ledger) e Jack Twist (na pele de Jake Gyllanhaal),  no Wyoming dos anos 60. Um segredo escondido durante 20 anos, para sempre ligado ao lugar onde tudo começou: Brokeback Mountain.

Segundo consta, Heath Ledger terá sido encorajado a aceitar o papel por Naomi Watts, a namorada na época, o que é curioso, dado que foi precisamente no decurso das filmagens que se apaixonou por Michelle Williams (sua mulher no filme). Ennis Del Mar é uma personagem psicologicamente densa que não fica atrás de outras já conhecidas de Ledger. E convenhamos que poder trabalhar com o seu amigo Jake não deve ter sido nada mau.

Adaptado de um conto de Annie Proulx, o filme foi largamente aclamado pela sensibilidade e inteligência, que levou milhares de espectadores às lágrimas. Mais do que um filme sobre homossexualidade ou preconceito, O Segredo de Brokeback Mountain é uma história de amor, ou não tivesse o cartaz sido pensado para se assemelhar ao de outro grande romance, Titanic (1997).

heath-ledger-e-jake-gyllenhaal-em-brokeback-mountain

Por outro lado, foram muitos os que não gostaram de ver “desfeito” esse arquétipo americano da masculinidade, o cowboy. Na verdade, este não terá sido o primeiro filme a levantar a questão da homossexualidade entre cowboys, ainda que tenha sido, talvez, pioneiro na forma de o abordar.

Com diversas nomeações para os Oscares de 2006, ganhou três, com destaque para o de Melhor Realizador, que fez de Ang Lee o primeiro asiático a ganhar um prémio nesta categoria. O Segredo de Brokeback Mountain acabou por perder o prémio de melhor filme do ano para Crash, de Paul Haggins. Por outro lado, soube-se recentemente que muitos membros da Academia considerariam alterar o seu voto se a votação se repetisse nos dias de hoje.

Se ainda não tiveste a oportunidade de ver, esta é uma estreia no Canal de Hollywood que não vais querer perder!

 

  • O Segredo de Brokeback Mountain / quarta-feira 10, 21:30

Ano Novo, novos filmes – o que não vais querer perder em 2018

É caso para dizer: bom, bom era haver uma máquina do tempo que nos levasse já para 2018.

9/5/2017 LER MAIS

Quando os filmes de terror mais assustadores se passam em sets assombrados

Toda a gente sabe que num ambiente de tensão, somos mais sugestionáveis, mas o que é facto é que há histórias tão assustadoras e insólitas que têm de ter um ponto de verdade, não é?

9/5/2017 LER MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *