Em Destaque

No mês das crianças faz um #TB com estes filmes sobre a infância

27 Junho 2019

O Dia da Criança devia ser todos os dias e de todos as maneiras. Hoje podíamos trazer-te todos os nossos filmes clássicos de miúdos, entre o Toy Story: Os Rivais (1995) e O Rei Leão (1994), o Space Jam (1996) e Libertem Willy (1993), mas decidimos virar a coisa ao contrário e trazer-te filmes sobre a infância. Sim, leste bem. Filmes que vão relembrar-te a magia de ser miúdo e de tudo ser ainda um pouco inexplicável, filmes que vão levar-te de volta aos medos do escuro e filmes cheios de criaturas estranhas e assombrosas como só as crianças podem imaginar.

 

O Espírito da Colmeia (1973)

Fonte da imagem

O Espírito da Colmeia é daquelas pérolas que pouca gente conhece, mas que todos os que conhecem dizem ser dos filmes sobre a infância mais belos que já viram. Ana e Isabel são duas meninas que vivem na Espanha recém-franquista. Como os pais não lhes prestam muita atenção, preferindo viver no isolamento, vivem num mundo de fantasia. Quando um cinema ambulante passa pela aldeia e mostra Frankenstein, o homem que criou o monstro (1931), Ana é convencida pela irmã que o monstro é um espírito com quem pode falar sempre que fechar os olhos. Um retrato incrível da vida interior das crianças, O Espírito da Colmeia é um filme que só faz sentido quando nos conseguimos lembrar que também nós já acreditámos em monstros e assombrações e quase, quase não tínhamos medo deles.  

 

Le ballon rouge (1956)

Fonte da imagem

Pascal vai a caminho da escola quando descobre um enorme balão vermelho. Encantado, começa a brincar com ele e rapidamente descobre que o balão tem consciência. O enorme e simpático balão vermelho segue o rapaz pelas ruas de Paris (que neste filme aparecem ainda muito impactadas pela II Guerra Mundial, algo que é bastante curioso) e juntos têm muitas aventuras. Mas, todas as infâncias têm um grande vilão, normalmente aquele miúdo maior e mais forte que adora roubar o dinheiro do lanche aos mais pequenos. Em Le Ballon Rouge, os meninos maus querem ver o balão destruído e vão perseguir os dois amigos improváveis até alcançarem o seu objetivo. Com apenas 35 minutos, este filme tem uma magia inexplicável.

 

O Meu Vizinho Totoro (1988)

Fonte da imagem

Satsuki e Mai vão viver para o bosque com o pai para ficarem mais perto da mãe, que está doente no hospital. Embora se sintam felizes por poderem ver a mãe mais vezes, o bosque parece-lhes um sítio tão aborrecido quanto assustador. Mas Satsuki e Mai depressa descobrem o mundo dos trolls e dos espíritos da floresta, seres que povoam os terrenos à sua volta e tornam a sua vida um pouco mais mágica. Entre eles encontra-se o incrível Totoro, um troll azul e amigável. Um dos filmes mais icónicos de Hayao Miyazaki, O Meu Vizinho Totoro é um tratado incrível acerca do poder da imaginação das crianças sobre os espaços e as realidades que neles habitam.

 

Um Sonho Encantado (2006)

Fonte da imagem

Se já viste Um Sonho Encantado, então sabes que sempre que estiveres assustado tudo o que tens a fazer é repetir “Googly, googly, googly” e todos os teus problemas desaparecem. Se ainda não viste este filme encantador, então está na hora de o fazeres. Alexandria é uma menina que está no hospital a recuperar de um braço partido. Roy é um duplo de cinema a recuperar de uma queda grave e de um coração partido. Os dois vão formar uma dupla improvável quando Roy tenta convencer Alexandria a roubar a morfina que precisa, convencendo-a recorrendo à história mirabolante do Governor Odious e dos seis heróis que lhe juraram vingança. Se foste aquele miúdo que assim que os pais acabavam a primeira história, já estava a pedir a próxima, não deixes escapar esta preciosidade do cinema.

 

A Princesinha (1995)

Fonte da imagem

Todas as meninas sonharam um dia ser uma princesa, e Sara é apenas mais uma menina. Mimada pelo pai desde sempre, sofre bastante quando este a deixa num colégio interno porque tem de ir para a frente de batalha na I Guerra Mundial. Rapidamente descobre que consegue entreter as amigas com as suas histórias mirabolantes, o que irrita bastante Miss Minchin, a diretora que odeia o seu trabalho. Quando o seu pai morre na guerra, Miss Minchin obriga Sara a trabalhar para poder continuar a viver na escola. Nestes tempos negros Sara descobre o poder real da imaginação, da solidariedade e da amizade. Pela descrição, não parece, mas garantimos-te um filme encantador e um final feliz como uma história destas merece.

Consegues adivinhar que profissões tiveram estes atores e atrizes?

Se estás a ler isto no trabalho, à espera que o dia passe para picares o ponto, fica a saber que há quem tenha tido trabalhos bem piores. E perigosos. E chatos.

27/6/2019 LER MAIS

Com estes filmes mais bizarros vais ter sempre tema de conversa

E por bizarros queremos dizer os filmes que foram feitos ao longo de vários anos, os filmes que não têm uma narrativa, os filmes de culto que são autênticos festins visuais ou, apenas, aqueles filmes que toda a gente vê e adora, mas não percebe.

27/6/2019 LER MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *