Em Destaque

As mulheres que foram estas princesas vão deixar-te colado ao ecrã

5 Outubro 2018

Antes, as princesas eram aquelas personagens que passavam a vida a esperar que chegasse um príncipe e lhes desse um sapato, as tirasse de uma torre ou as libertasse das garras do dragão. Hoje os nossos exemplos de verdadeiras princesas são os reais, de mulheres guerreiras, que fizeram o que tinham a fazer para mudar a sua vida e até a história de países inteiros.

Por isso, e porque este mês estreamos no Canal Hollywood um filme sobre a Princesa Diana, deixamos-te aqui quatro filmes que te vão inspirar a pôr a coroa na cabeça e a começar a mandar nisto tudo.

Duas Irmãs, Um Rei (2008)

Cena do filme Duas Irmas Um Rei

Fonte da imagem

Duas Irmãs, Um Rei é mais do que uma história de princesas – é uma história do que se faz para se chegar a rainha. Conta a história real de Ana Bolena, a segunda mulher do Rei Henrique VIII (sim, aquele que adorava decapitar pessoas). Os pais de Ana obrigaram-na a tornar-se amante do rei para terem mais poder, e fizeram-no também com a irmã, Maria. Ambiciosa, acabou por convencer o rei a casar-se com ela e com isto mudou o curso da história de Inglaterra. Por não poder divorciar-se da primeira mulher perante a Igreja Católica, Henrique VIII acabou por criar a Igreja Anglicana e resolver o problema. Não podemos bem dizer que Ana fez parte das grandes princesas da história porque, de facto, nunca o foi, mas podemos dizer que foi uma das grandes rainhas.

 

A Jovem Vitória (2009)

Cena do filme A Jovem Victoria

Fonte da imagem

De todas as princesas que não deviam ter sido rainhas, Vitória foi a mais interessante e aquela que mais tempo reinou (quer dizer, foi destronada há uns pela Rainha Isabel II). No seu reinado a Inglaterra passou por uma série de mudanças económicas, políticas, sociais e científicas que a puseram no mapa como uma grande monarca. Esta rainha de estatura pequena acabou por ser a cabeça de um império gigante e superpoderoso. Podes explorar os seus anos de formação no filme A Jovem Vitória, onde Emily Blunt nos dá uma interpretação incrivelmente complexa daquilo que foi a miúda confusa e a jovem mulher determinada em cumprir a sua função da única forma que achava possível.

 

Diana (2013)

Cena do filme Diana

Fonte da imagem

Diana de Gales, a Princesa do Povo, foi uma das mulheres mais extraordinárias da política e da nobreza internacionais. Tudo na sua vida foi mediativo e feito nos seus termos e, apesar do fim trágico, ainda hoje continua a ser um ícone para muitos. Naomi Watts interpretou-a de forma incrível num filme sobre o seu conturbado romance com o cirurgião Hasnat Khan, já depois de se divorciar do Príncipe Carlos, que vais poder ver este mês no Canal Hollywood. Além da transformação física (que incluiu um nariz prostético, aulas de postura e uma dieta rigorosa) a atriz viu dezenas de horas de imagens e filmes de arquivo para poder interpretar a princesa mais bem conhecida dos meios de comunicação.

 

Grace of Monaco (2014)

Já te tínhamos falado aqui do papel incrível que Nicole Kidman fez neste filme, e até te tínhamos falado da mais americana entre as princesas. Mas ainda não te tínhamos dito que Grace of Monaco conta a história da mulher por detrás da princesa e da atriz, da mulher que tinha desejos, forças, fraquezas, amor e ódio, e que manteve sempre uma postura digna do seu povo, mesmo quando tinha de fazer aquilo que tinha de fazer e não aquilo que queria. Para se transformar na princesa, Nicole Kidman alterou completamente a face com maquilhagem e… pelos naturais colados um a um para alongar as sobrancelhas.

 

  • Diana / 17 quarta-feira 18, 21:30
  • Grace de Mónaco / 29 sábado 18, 10:40

Anatomia de um filme romântico: histórias de amor no grande ecrã

Mas afinal, quem é que não gosta de um bom filme romântico? Está lá tudo: as grandes emoções humanas, a prova de que o amor torna o mundo um lugar melhor e a esperança de um final feliz.

5/10/2018 LER MAIS

6 Comédias para alegrar os fins-de-semana em Maio

Não há nada melhor do que uma boa comédia para relaxar e, por isso, se não sabes que filme ver nos fins de semana de maio, deixamos-te aqui 6 sugestões!

5/10/2018 LER MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *