Em Destaque

Anatomia de um filme romântico: histórias de amor no grande ecrã

24 Novembro 2017

Imagem rubrica Anatomia de

Mas afinal, quem é que não gosta de um bom filme romântico? Está lá tudo: as grandes emoções humanas, a prova de que o amor torna o mundo um lugar melhor e a esperança de um final feliz. Até os corações mais frios se rendem a uma boa história de amor muito bem contada, por isso hoje explicamos-te quais os elementos que compõem um grande filme romântico.

Cena do filme Ferias em Roma

Uma boa história de amor começa com O CASAL. Pode apaixonar-se à primeira vista, ou pode odiar-se assim que se vê e descobrir o amor lentamente. Mas o que O CASAL tem sempre que ter é diferenças, muitas diferenças. Os opostos atraem-se e uma história de amor com dois protagonistas parecidos seria muito aborrecida. Lembras-te de Notting Hill (1999), a história que junta um livreiro tímido e a atriz mais conhecida de sempre? Ora aí tens aí um belo exemplo.

Cena do filme Notting Hill

Depois, tem que haver sempre um problema, um obstáculo a ultrapassar para que haja um final feliz e para que os dois protagonistas possam ficar juntos. Um amor só é verdadeiro quando passa por uma série de dificuldades e prevalece, não é? Em Guia Para Um Final Feliz (2012), por exemplo, os protagonistas vão ter que lidar com os seus problemas antes de poderem entregar-se livremente ao amor. Chamamos a isto os filmes com final feliz.

Mas também há casos em que o filme romântico não nos dá um final incrível, mas sim o final possível. É o caso das personagens de (500) Dias com Summer (2009), que esgotam um grande amor. Estes são os filmes que “imitam a vida” e que nos dão um amor mais “realista”. E, no capítulo do filme romântico que não tem um final propriamente feliz, também podemos encontrar a versão “nem a morte nos separa”, que é o caso de PS: I Love You (2007).

Cena do filme PS I Love You

Além destes elementos, existem outros muito recorrentes: os protagonistas que são de classes sociais diferentes ou então há alguém (normalmente o homem) que salva outro alguém (normalmente a rapariga) e daí surge um amor inquebrável.

Agora que te explicámos porque e como é que essa categoria cinematográfica conhecida como o filme romântico favorito mexa contigo, diz-nos quais são os teus favoritos.

Estrelas de Julho: apostas que sabes os pontos de contato entre elas?

As nossas estrelas de julho são muito diferentes, mas conseguimos perceber que têm várias coisas em comum. Consegues adivinhar quais são?

24/11/2017 LER MAIS

Neste Halloween assusta-te com a nossa seleção de filmes de terror

No próximo fim de semana, junta os teus amigos mais corajosos, apaga as luzes da sala e deixa-te levar pelo medo. This is Halloween, everybody make a scene…

24/11/2017 LER MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *