Destaques

Cinema pelo mundo: vê estas cinco interpretações do que é o suspense

28 Junho 2019

Mais um mês, mais uma volta ao mundo no balão do cinema. Desta vez vamos deixar-te a roer as unhas com os melhores filmes de suspense por este globo fora. Este é um dos nossos géneros favoritos, talvez porque é dos mais prováveis de conseguir juntar o grande entretenimento a filmes verdadeiramente bons de um ponto de vista técnico. Os exemplos que te trazemos provam bem isto: entre um filme europeu que recuperou o realizador esquecido de Robocop – O polícia do futuro (1987), um filme egípcio dos anos 50 ou a primeira película de Kate Winslet tens muito por onde escolher.

América Latina – La Cara Oculta (2011)

Fonte da imagem

Adrián é um jovem maestro que é aparentemente abandonado pela namorada, Belén. Entretanto, conhece Fabiana, com quem inicia uma relação. Mas o desaparecimento súbito de Belén envolve-o numa trama inesperada, em que ele é o maior suspeito. Mas e se Belén não estiver desaparecida? E se alguém souber onde ela está? E onde estará ela? La Cara Oculta é um excelente thriller vindo da Colômbia. E vais ficar ainda mais interessado quando te dissermos quem realizou: Andrés Baiz, que viria a ser um dos realizadores de Narcos (2015-2017).

 

Ásia – Memories of A Murderer (2017)

Fonte da imagem

Memories of A Murder é um daqueles filmes que tem tantos twists que ainda não vai a meio e já não sabes a quantas andas. Mas isto é tudo pelas melhores razões e vais ficar colado ao sofá com esta história sobre a memória. Byung-su é um assassino em série “reformado”, que leva uma vida normal com a sua filha. No entanto, o Alzheimer que lhe foi diagnosticado está a piorar e, quando descobre que a filha tem uma relação com um psicopata, vai fazer de tudo para a impedir de continuar a ver Tae-ju. Num jogo de gato e rato, ambos os assassinos vão tentar fugir um ao outro, numa história de destruição mútua. Imperdível, esta produção sul-coreana.

 

América do Norte – Mystic River (2003)

Fonte da imagem

Realizado pelo enorme Clint Eastwood, Mystic River tem um elenco de luxo, que ajuda a contar uma história sobre traumas antigos, o perigo da justiça popular e os muitos segredos que uma comunidade pode esconder. Quando Katie é encontrada morta, Jimmy, o pai, e Sean, o polícia responsável pelo caso, lutam contra o tempo para descobrir quem cometeu o crime. Mas ambos partilham uma história antiga com Dave, que se vê subitamente envolvido no caso. Mystic River é dos melhores filmes de suspense feitos nos últimos 20 anos e já se tornou um clássico do cinema americano, seja pela forma como retrata uma comunidade de trabalhadores americanos, seja pela forma como liga as vidas incomensuráveis de todas as personagens. Puro Clint Eastwood!

 

Europa – Ela (2016)

Fonte da imagem

Ela é o filme que trouxe Paul Verhoeven, conhecido por Instinto Fatal (1992) e Robocop – O polícia do futuro (1987), de volta às luzes da ribalta. Em conjunto com Isabelle Huppert fez um filme tão estranho, misterioso e controverso que em 2016 não se falou de mais nada. Michelle é uma mulher bem-sucedida, mas fechada, que é vítima de um ataque na sua própria casa. Aparentemente não se deixa afetar e começa a jogar um perigoso jogo com o seu atacante, estabelecendo com ele uma relação em que o poder e a submissão estão sempre a mudar de mãos. Isabelle Huppert está belíssima num papel que só poderia ter sido interpretado por ela e carrega às costas esta viagem negra pelos limites da mente e do desejo.

 

África – Cairo Station (1958)

Fonte da imagem

Cairo Station foi a submissão oficial do Egito para os OSCARS™, e não foi uma escolha mal pensada, porque este é um filme incrível e que ainda hoje é incluído em listas de filmes que todos temos de ver antes de morrer. Qinawi é um jornaleiro no Cairo, onde se apaixona por uma rapariga que vende bebidas ilegalmente. A rapariga está noiva de outro homem e recusa os avanços do rapaz, o que o faz descer a uma espiral de loucura e ciúme. Tudo termina num final apoteótico que é considerado um dos grandes fechos do cinema mundial, neste filme belíssimo em que o suspense e o terror se misturam numa história de amor e de comunidade.

 

Oceânia – Amizade Sem Limites (1994)

Fonte da imagem

Inspirado na história real de Honorah Parker, Amizade Sem Limites é um filme que te vai deixar desconfortável do início ao fim. Juliet e Pauline são duas amigas que só se têm uma à outra e criam um mundo imaginário onde só elas existem. Mas o mundo real existe mesmo e quando os pais, preocupados com esta relação obsessiva, lhes dizem que deviam deixar de se ver, vão ser levadas a cometer um crime horrível e que vai marcar uma cidade para sempre. Este é o primeiro filme de Kate Winslet, que já aqui mostrava aquilo de que é capaz quando lhe dão um bom papel e um bom elenco secundário.  

No princípio, eram os blogues

O Canal Hollywood está-nos no ADN. Sim, caro leitor - a partir de hoje tem ao seu dispor este resplandecente estaminé digital do Canal Hollywood, uma celebração do quanto todos amamos o Cinema. E, com a breca, como vamos demonstrá-lo!

28/6/2019 LER MAIS

E se o Capitão América fosse o herói de um thriller político?

Não percas a oportunidade de te agarrar à cadeira com um thriller político como nunca viste. Repleto de ação, espionagem e reviravoltas, este filme agrada os amantes de thrillers políticos, os amantes de super-heróis e os amantes de ambas as temáticas. Qual deles és tu?

28/6/2019 LER MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *