Crónicas
Pedro Granger
Actor

O filme de culto que não era para o ser

26 Junho 2018

Mal sabia a Disney o Sonho que este Nightmare ia ser.

O que começou por um simples poema de Tim Burton nos anos 80, acabou por tornar-se num dos maiores filmes de culto da década de 90 (e arrisco-me a dizer de sempre), e, sem dúvida alguma, como a cornerstone de toda uma legião de fãs Tim Burtiana.

THE NIGHTMARE BEFORE CHRISTMAS (1993), não se resume a um filme sobre o Natal , ou o Halloween, ou um filme de animação. Esta história de Jack Skellington, rei dos reis do Halloween, querer organizar o Natal, com a melhor das intenções do mundo, mas da pior maneira possível, transporta-nos a um universo mágico ao som das músicas de Danny Elfman (parceiro de eleição de Tim Burton, no que a bandas sonoras diz respeito).

THE NIGHTMARE BEFORE CHRISTMAS, e claro que isto é só e apenas a minha opinião, é um filme sobre como “O sonho comanda a vida”. Como não nos devemos acomodar, encostar ao que estamos habituados a fazer.

A verdade é que na vida, muitas vezes estamos fartos. Fartos. Do que fazemos, das nossas rotinas, dos sonhos que já nem nos damos ao trabalho de sonhar. THE NIGHTMARE BEFORE CHRISTMAS é um filme sobre não ter medo. Não ter medo que as coisas corram mal, não ter medo de falharmos, ou do que possam dizer ou pensar de nós.
É um filme sobre acreditar. Acreditar que podemos sempre mudar, sonhar, ir atrás daquilo que queremos, mesmo que às vezes isso seja o desconhecido.

Afinal de contas, Danny Elfman, que canta as músicas de Jack, canta-o a alto e a bom som : “JUST BECAUSE YOU CAN NOT SEE IT, DOESN’T MEAN YOU CAN’T BELIEVE IT”. Durante anos tive um post it com esta frase escrita à porta do meu quarto, e todos o dias, antes de sair de casa, olhava, sorria, e pensava : “’Bora lá! Mais um dia para ir atrás daquilo que eu quero. Mesmo que ainda não tenha descoberto o que é”.

Quando se sente que por mais felizes que sejamos há algo que nos falta, algo que nos faz não nos sentirmos realizados como pessoas… A verdade é que tantas vezes cantei esta música na minha cabeça, que passados uns anos cheguei à conclusão que queria ser actor… e mais que isso, por mais que achasse tão impossível, não deixei de acreditar, hei-de ter falhado muitas vezes, mas o que é certo é que acabou por acontecer .

Este filme é um bocado como o livro “O PRINCIPEZINHO”. Não percebemos muito bem quando somos crianças, mas enquanto vamos crescendo vamos percebendo a enormidade e importância de mensagens que este filme nos dá.

Esta é a que vos deixo como pretexto para verem o filme: “JUST BECAUSE YOU CAN NOT SEE IT, DOESN’T MEAN YOU CAN’T BELIEVE IT”.

Bom THE NIGHTMARE BEFORE CHRISTMAS. Acreditem que de pesadelo não tem nada.

Os filmes da nova vaga de terror que vais querer ver este ano

Tem-se falado muito nos últimos anos de uma nova vaga de terror, que surgiu com filmes como O Senhor Babadook (2014), Vai Seguir-te (2014) ou A Bruxa (2015) e o que é facto é que o género tem vindo a ser reinventado a cada ano que passa, com filmes cada vez mais arrojados e inovadores.

26/6/2018 LER MAIS

Consegues descobrir as pistas que estes filmes misteriosos escondem?

Hoje é um dia de mistério. Fica a conhecer estes cinco filmes, que têm todos a particularidade de serem mistérios bem construídos e que te deixam a pensar neles muito tempo depois de os teres visto.

26/6/2018 LER MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *