Atualidade

Michelle Williams – a história da estrela mais discreta de Hollywood

7 Setembro 2018

Em Hollywood há atores e atrizes espalhafatosos e que adoram dar nas vistas. E depois há aqueles mais discretos e que não gostam de estar nas luzes da ribalta. E não há melhor exemplo destes últimos do que Michelle Williams. Mas isso não significa que não tenha talento. Antes pelo contrário. Esta menina tímida não para de fazer filmes (mesmo depois de um pequeno percalço de que falamos mais baixo) e já foi nomeada para quatro OSCARS™.

Michelle Williams em producao para a Vanity Fair

Fonte da imagem

Estreou-se em dois episódios de Baywatch: Marés Vivas (1989-2001) em 1993 e, depois de pequenos papéis aqui e ali, finalmente conseguiu aquele a que os peritos gostam de chamar breakout role em Dawson’s Creek (1998-2003), em que faz o papel da graciosa, sarcástica e sábia Jen Lindley. Como Jen gostava de dizer “Não fazem ideia da quantidade de maquilhagem que é necessário para parecer que não gosto de maquilhagem”. Eis a sua entrada triunfante no primeiro episódio da série:

Depois de Dawson’s Creek, Michelle Williams percorreu o caminho do cinema independente até interpretar o papel que lhe trouxe a sua primeira nomeação para os OSCARS™: O Segredo de Brokeback Mountain (2005). Foi no set deste filme que Michelle conheceu Heath Ledger, por quem se apaixonou e com quem teve uma filha, Matilda Rose, nascida em 2005. No entanto, acabaram por se separar em setembro de 2007, quatro meses antes da trágica morte de Ledger.

Depois da morte do seu ex-parceiro Williams passou por uma fase complicada. Juntamente com a filha, foram perseguidas pelos paparazzi que queriam obrigar Michelle Williams a falar sobre a morte de Ledger. Decidiu focar-se na filha, tentando dar-lhe uma vida “normal” e escondendo-se das câmaras. Até pensou em desistir da carreira de atriz e recusou o papel que o realizador Derek Cianfrance lhe ofereceu. Mas depois de ouvir as suas razões, o realizador ficou tão impressionado com a sua dedicação à filha, que mudou toda a produção do filme, de forma a que Michelle pudesse estar próximo dela. E nós agradecemos, porque foi esse o papel extraordinário que lhe valeu a segunda nomeação para os OSCARS™ – Cindy em Blue Valentine – Só Tu e Eu (2010).

Depois de Blue Valentine – Só Tu e Eu, a vida e a carreira continuaram e seguiram-se mais duas nomeações para a estatueta dourada – A Minha Semana Com Marilyn (2011) e Manchester by the Sea (2016). Michelle Williams tem-se mantendo fiel a si mesma, extremamente profissional, modesta e longe das luzes da ribalta, mas não sem, de vez em quando, falar aberta e publicamente sobre a igualdade salarial entre atores e atrizes.

Se como nós não podes esperar para ver esta graciosa gigante de novo no grande ecrã, não te preocupes. Podes ver Williams já este ano em Veneno (2018), que estreia em Portugal a 4 de Outubro (falta menos de um mês). Duvidamos que seja este o filme que lhe vai valer a merecida estatueta dourada em 2019, mas para nós fãs, todos os filmes com Michelle Williams fazem parte da nossa watchlist.

Depois de tudo o que já passou Michelle foi capaz de se manter uma mulher terra-a-terra e, atrevemo-nos a dizer, normal. Os entrevistadores costumam comentar o quão sossegada e modesta ela é em pessoa. Nem teve nenhum escândalo, como acontece com muitos dos seus colegas da indústria cinematográfica. A verdadeira Michelle Williams é como cada um de nós “pessoas normais”: uma mulher jovem, mãe solteira, forte e discreta, que apenas tenta dar o seu melhor no dia-a-dia.

Confronto de Titãs: já viste o quem-é-quem da mitologia grega?

Confronto de Titãs é o filme ideal para ti que gostas de filmes de (muita) ação, deuses e aprender um bocadinho de História. Estás pronto para descobrir o lado mais agitado da mitologia grega?

7/9/2018 LER MAIS

Quem quer ser bilionário?, o filme que deu o oscar a Danny Boyle

Um romance, uma comédia, uma aventura, um drama… Quem quer ser bilionário? é um filme como poucos e que deixa até os mais durões de coração nas mãos. Um herói não se faz com pouco.

7/9/2018 LER MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *