Em Destaque

As várias caras do Rei Artur

9 Maio 2017

A lenda do rei Artur remonta a tempos medievais. Com uma forte inspiração nas epopeias da Antiguidade, é a mais famosa história da obra Matter of Britain, ou seja, da literatura inglesa medieval que muito se associa aos relatos históricos que chegaram até aos dias de hoje. Deve a sua fama à preferência dada por Shakespeare ao capítulo em que se insere e que lhe serviu de inspiração para escrever diversas peças.

passatempo-do-rei-artur-canal-hollywood

Desde o advento do cinema que esta história continuou a apaixonar realizadores e argumentistas, levando a centenas de filmes a contar esta história e tantos outros a adaptá-la a diferentes contextos, explorando o ponto de vista de todas as personagens principais e muitas outras secundárias.

A lenda foi apresentada a muitos pela Disney no ano de 1963 através de A Espada era a Lei, que conta a história do jovem rei Artur e da sua aventura até adquirir a Excalibur, sempre acompanhado pelo feiticeiro Merlin que o guia até à vitória contra a bruxa Madame Min.

Num género completamente diferente, o grupo de humoristas Monty Python entrega no seu Monty Python e o Cálice Sagrado, uma versão nada leal ao original, mas nem por isso deixa de ser um clássico da história do cinema com piadas eternas (“Os caveliros do Niiiiiii!”) que atravessam gerações e resistem ao tempo (afinal, tudo se passou em 1975).

Já em O Primeiro Cavaleiro (1995), é mais explorado o famoso triângulo amoroso entre Guinevere, Lancelot (interpretado por um Richard Gere de cabelo esvoaçante) e Artur (neste filme interpretado por Sean Connery), que nos deixa sempre a pensar em todo o dilema de lealdade e amor.

Em 2004 e, devido a descobertas arqueológicas mais recentes, Rei Artur fala não sobre um rei, mas sim sobre um comandante romano e uma Guinevere bem moderna e guerreira, diferente da donzela desprotegida retratada em tempos idos.

Em breve teremos mais um título a ser acrescentado às centenas já existentes com o Rei Artur: A Lenda da Espada, em estreia em breve nos cinemas nacionais!

E já agora, não deixes de espreitar o passatempo que decorre até 25 de Maio aqui.

 

  • Rei Artur (2004) / quinta-feira 4, 21:30 e sexta-feira 5, 15:55

Fintar o Amor, o filme que vai deixar-te de coração nas mãos

Fintar o amor é uma coisa difícil. Dizem-nos os filmes e a cultura popular que quando o amor bate, não nos conseguimos desviar.

9/5/2017 LER MAIS

Vampiros do rock’n’roll: as criaturas da noite também gostam de dançar

Se também és fã de guitarradas e das bateria, estes vampiros do rock'n'roll são para ti. They can’t have no, uhuhu, satisfaction.

9/5/2017 LER MAIS

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *