Atualidade

Os filmes que inspiraram La La Land

10 Maio 2017

La La Land: Melodia de Amor (2016) foi um dos filmes preferidos na corrida aos Oscares deste ano, apesar do erro cometido na cerimónia, que vai certamente deixar este filme e Moonlight (2016) para a história como alvos de uma das piores gaffes do cinema: a troca do vencedor do prémio mais esperado do ano.

imagem-de-la-la-land

Problemas à parte, diz-se que La La Land trouxe de novo o musical para a ribalta e, mais do que isso, re-inventou o musical do séc. XXI, mostrando como o amor e a música são duas faces da mesma moeda, ainda que neste filme pouco tenha sido deixado à sorte. O par romântico já o conhecemos bem: Emma Stone tem sido muito acarinhada por Hollywood e de Ryan Gosling o mesmo se pode dizer.

Se para ti o longo passado do género musical ainda está por descobrir, facilmente poderão passar-te ao lado as múltiplas referências feitas aos seus antecessores num filme que é, também, uma grande homenagem. 

Para começar, o filme é uma espécie de remake d’Os chapéus de chuva de Cherbourg, um musical francês colorido e bem dramático, ou não fosse o realizador assinar como Jacques Demy. Aliás, Damien Chazelle admitiu em público a admiração pelo francês da nova vaga, e em ambos podemos ver o fascínio pelos musicais da velha Hollywood, com os rodopios, os grandes números altamente coreografados e as canções de amor cantadas debaixo de chuva.

Por falar em precipitação, Canção à Chuva (1952), o tão conhecido Singin’ in the Rain, é um dos filmes referenciados quase passo por passo, numa cena adorável entre Mia e Sebastian, o nosso casal às avessas.

Ela quer ser atriz, ele quer dedicar-se ao jazz “a sério”, e se isto não te faz lembrar as atribulações do amor vs. ambição que pudemos ver em New York, New York (1977), então vai a correr ver este clássico de Martin Scorsese.

De resto, a lista é imensa: West Side Story (1961), Um americano em Paris (1951), os filmes de Fred Astaire e Ginger Rogers, As donzelas de Rochefort (1967)… Damien Chazelle aprendeu com os melhores, sacou das cartas, baralhou e deu de novo. E gostámos todos do jogo que nos foi posto à frente.

Fintar o Amor, o filme que vai deixar-te de coração nas mãos

Fintar o amor é uma coisa difícil. Dizem-nos os filmes e a cultura popular que quando o amor bate, não nos conseguimos desviar.

10/5/2017 LER MAIS

6 Comédias para alegrar os fins-de-semana em Maio

Não há nada melhor do que uma boa comédia para relaxar e, por isso, se não sabes que filme ver nos fins de semana de maio, deixamos-te aqui 6 sugestões!

10/5/2017 LER MAIS

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *